Nhoque de Mandioquinha com Molho de Tomates Assados

A mandioquinha (batata baroa) é um ingrediente bem saboroso e que não precisa de muita coisa pra ficar bom. Esse nhoque, que é frito, é um bom exemplo disso, pois leva apenas a mandioquinha e alguns temperos na composição. ♥ Nesse post, também ensinarei um delicioso molho de tomates assados para acompanhar o nhoque.

Ingredientes

Molho

400g de tomates italianos maduros (4 tomates pequenos)
4 ou 5 dentes de alho médios
Folhas de 1 ramo de manjericão fresco
Sal a gosto
1 colher (de sopa) de azeite

Nhoque

500g de mandioquinha (5 unidades médias)
Sal a gosto
Pimenta moída a gosto
Orégano, Ervas desidratadas, cominho a gosto

  • Preço médio: R$11,00

  • Serve em média 2 pessoas

  • Tempo de preparo: 1h15min (molho) + 30 min (nhoque)

  • Não contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Comece preparando o molho.
Preaqueça o forno a 200ºC. Corte os tomates italianos ao meio, retire a “tampinha” e todas as sementes. Coloque esses tomates virados para cima em uma assadeira antiaderente levemente untada com azeite sem sobrepor uns aos outros.
Amasse levemente os dentes de alho descascados, coloque sobre os tomates e adicione as folhas de manjericão fresco. Tempere com uma pitada de sal, regue com o azeite e leve pra assar por aproximadamente 1 hora ou até os tomates estarem murchos e tostados embaixo.
Coloque todos os tomates, juntamente com o caldinho, em um liquidificador e bata até obter um molho uniforme. Se quiser, adicione uma pitadinha de açúcar, corrija o sal, se necessário, e tempere com pimenta a gosto. Reserve.

Cozinhe a mandioquinha picada no vapor ou no forno até os pedaços ficarem bem macios. Eu cozinhei no vapor por aproximadamente 15 minutos.
Amasse a mandioquinha ainda quente, e tempere com sal e pimenta a gosto. Tempere e experimente, geralmente uso meia colher de chá de sal.
Misture bem e modele bolinhas com o tamanho de uma colher de sobremesa.
Se estiver difícil de modelar, coloque um pouco de farinha de trigo ou de arroz.
Espalhe azeite ou óleo vegetal em uma frigideira antiaderente, coloque as bolinhas modeladas e deixe fritarem em fogo baixo até ficarem douradas de todos os lados, o que vai levar cerca de 10 minutos. Vire elas com cuidado, com o auxílio de um garfo.
Esquente o molho, caso for necessário, e sirva com o nhoque. Está pronto!

Dicas

  • Eu adaptei essa receita do programa Prato do Dia, do Mohamad e da Luanda, da Tastemade Brasil. Eu gosto de cozinhar as mandioquinhas no vapor, mas você também pode fazer no forno, como eles ensinaram.
  • Para quem não gosta de mandioquinha, dá pra fazer com batata doce.
  • Se você cozinhar a batata doce ou a mandioquinha na panela com água ou na panela de pressão, pode ser que fiquem meio encharcados, então fique atento à textura dos mesmos. Se não conseguir modelar a bolinha, adicione um pouco de farinha (de arroz ou de trigo) para a massa ficar modelável.
  • Você também pode fazer um teste, modelando e fritando uma bolinha pra ver se está tudo certo.
  • Ao invés de fritar, você pode assar esse nhoque. Recomendo que coloque em uma assadeira antiaderente untada, dê uma regadinha com azeite e leve ao forno médio preaquecido por uns 30 ou 40 minutos, virando as bolinhas de vez em quando.
  • Ao invés de fazer esse molho de tomates assados, prepare esse bolonhesa de lentilhas, que fica delicioso e é uma opção mais nutritiva.
  • Veja também essa receita de nhoque vegano (cozido na água).

Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.